SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO

Serviço de Apoio Domiciliário

O Serviço de Apoio Domiciliário é uma resposta social que consiste na prestação de cuidados no domicílio, a indivíduos, que de forma temporária ou permanentemente não possam assegurar a satisfação das necessidades básicas ou atividades da vida diária.

 O Serviço de Apoio Domiciliário visa promover a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e contribuir para a sua permanência no domicílio o maior tempo possível, assegurando todos os serviços necessários para o seu bem-estar.

Serviços prestados:

  • Fornecimento das refeições (todos os dias, inclusive fins de semana e feriados);
  • Cuidados de Higiene pessoal;
  • Higiene Habitacional (restrita aos espaços usados pelo utente);
  • Tratamento da roupa de uso pessoal do utente/cliente;
  • Realização de atividades ocupacionais;
  • Apoio Psicossocial;
  • Outros.

OBRA SOCIAL PADRE MIGUEL ADOTA MOBILIDADE VERDE

sad viaturas

Legenda – Viaturas elétricas com a equipa do Serviço de Apoio ao Domicílio, Abílio Sarmento, Olinda Rodrigues, Fátima Rocha, Justina Alves e Clara Alves, juntamente com a diretora técnica Marta Lopes.

No âmbito da Mobilidade Verde Social do Programa de Recuperação e Resiliência – PRR, a Direção da Obra Social Padre Miguel candidatou-se ao apoio para aquisição de duas viaturas elétricas devidamente adaptadas para o transporte de alimentação, tendo obtido a respetiva aprovação para proceder ao concurso público de aquisição.

Após efetuar todas as tramitações legais, nomeadamente concurso público, as duas viaturas foram entregues à Instituição na passada semana, com afetação específica ao Serviço de Apoio ao Domicílio-SAD, tendo de imediato entrado em funções.

A Obra Social Padre Miguel no âmbito da valência SAD apoia cerca de uma centena de utentes a quem diariamente, durante os 365 dias do ano “faça chuva faça sol” entrega no respetivo domicílio as refeições, procedendo também à higienização das habitações entre outros serviços contratualizados. 

O custo total das duas viaturas elétricas no valor de 74 690€, teve a comparticipação financeira do PRR no montante de 50 000€.

A direção da Obra Social Padre Miguel informa ainda que foram candidatadas ao PARES e PRR três grandes obras – aumento de um piso no Centro Social e Centro Residencial e ainda a construção de “raíz” de uma Estrutura Residencial Para Idosos-Grandes Dependentes, sendo que o aumento do piso no Centro Residencial já se encontra em fase de concurso com a respetiva publicação no Diário da República.

 O custo destas três grandes obras a serem apoiadas pelos programas antes mencionados ascende a mais de 7 milhões de euros, vão acolher mais de cem utentes, com a criação de sessenta postos de trabalho.

Realça-se que a ERPI-Grandes Dependentes será a única no distrito e que vai ser construída num terreno frente aos atuais Centros Sociais cedido gratuitamente pela utente D.ª Amélia da Fonte Coelho e que em Assembleia Geral de sócios do passado dia 21/11/23 foi proposto pela direção da O.S.P.M. e aprovado por unanimidade a atribuição do nome da Benemérita e saudosa Dª Amélia Coelho à ERPI-GRANDES DEPENDENTES, perpetuando-se para sempre o seu nome.